PAGINAS

domingo, 26 de maio de 2013

HUMANIDADE ALHEIA



Somos todos uma humanidade infiel e pobre nos conceitos de amor. Vivemos nossos desejos  e tentamos suportar o que nos dizem nossos semelhantes.





A vida é simples e sem muito em que se preocupar. Temos que compreender que a vida é um buscar, e este buscar é compreender, que nada se consegue se não tivermos amor e compreensão com nossos semelhantes.

A vida preciosa deve se perceber através da liberdade de sonhar com as verdadeiras atitudes que devemos ter, longe da ira e da incompreensão.

3R1K4 R3D6UM