PAGINAS

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

O PROGRAMA


O PROGRAMA

Te fazem nascer, te dão um nome, um número, um karma,
Te alimentam, te carregam, sua mente se transforma em arma,
Te programam para ser feliz, ouvindo histórias, mentiras, escondidas,
Te educam para servir, ser escravo, vontades reprimidas.

O pecado está te seguindo em sua crença aterrorizante,
As leis podem te salvar de sua prisão delirante,
Não pense, não veja, não escute, o que existe lá fora,
Todos os santos esquecidos foram embora.

A rebeldia do jovem vê que algo está errado,
Que o conto é muito feliz, mas o principe não é encantado,
Apenas sapos coaxam e querem você e seu suor,
O mundo é este, cheio de cercas ao seu redor.

Te juram que o amor e a família te tornarão feliz,
E você passa mais horas longe do que sempre quis,
O tempo malvado acelera na felicidade e demora no tédio,
Te dizem que não és pobre, nem rico, és um cidadão médio.

Te dão o domingo para sua religião preferida,
Um padre ou sacerdote que afaga sua ferida,
Mas a rotina te espera do lado de fora,
Até o momento em que terminar sua hora.

O programa será formatado para nova versão,
O disco rígido se deteriora pela corrosão,
Sua memória é ultrapassada e não serve mais,
Querem uma máquina nova, você já não satisfaz.

Elder Manoel Dos Santos Prior