PAGINAS

quinta-feira, 16 de junho de 2016

MOTO PERPETUO - O EQUILIBRISTA

http://1.bp.blogspot.com/_YttMTXcW990/TNfoYnqhhUI/AAAAAAAAAH0/_Z0VK3cCgXk/s1600/O+Equilibrista.jpg


O EQUILIBRISTA

Na corda bamba, o equilibrista balanceia seus pecados,
Onde, num simples passo, se vai da penúria à castelos almofadados,
Batendo o corpo entre as correntes do vento gelado,
Ativando a curiosidade de saber o que existe ao seu lado,
O acaso se funde, ao fundo, com o ocaso da linha da vida,
Hoje é o dia que o mundo abre o portão de saída.

Elder Prior.